Tag Archives Séries

#12 BEDA | Cinco filmes que todo fã de Stranger Things deveria assistir

by

Se você ama Stranger Things e suas referências acho digno você ler esse post aqui 😍

 

Um dos motivos para que uma das séries mais amadas da Netflix seja a minha queridinha são as referências maravilhosas dos anos oitenta que ela traz.

É lógico que eu também sou apaixonada pela história e pelos personagens de Stranger Things ✨

 

Pensando nisso, eu listei cinco clássicos dos anos 70/80 que estão ligados a história do seriado. Tipo, impossível não lembrar, sabe?

 

Alien, o Oitavo Passageiro [1979] e Aliens, O Resgate [1986]

A criatura chamada Demogorgon foi inspirada no Alien que aparece nos dois primeiros filmes da série de ficção científica.

Fora que é inegável a semelhança física, ou seja, o cabelo de Eleven com o de Ripley em “Alien 3”!

 

E.T – O Extraterrestre [1982]

Sem dúvida, estou falando da principal referência que dominou praticamente todos os episódios da primeira temporada de Stranger Things.

Apesar da Eleven não ser um extraterrestre, existem muitas semelhanças entre os dois personagens.

Ambos receberam os seus nomes pelas pessoas que os encontraram, os dois usam disfarce para esconder a sua verdadeira identidade (vestido + peruca loira) e os dois só usam os seus poderes em momentos críticos.

Exemplo clássico: A cena em que a Eleven fica sozinha na casa do Mike ✨

Ah, acho que eu nem preciso mencionar que o grupo de amigos da série tem muita semelhança com os do filme, né?

 

Goonies [1985]  

Socorro, o espírito de aventura, a amizade entre eles e as bicicletas. Tudo isso remete muito ao clássico Goonies.

 

Poltergeist – O Fenômeno [1982]

Uma das principais referências entre o seriado e o filme é quando a Joyce consegue ouvir o Will se comunicando com ela através de sons da parede.

Bem igual a cena original com Carol Annie tentando se comunicar com a família no filme.

 

Não posso deixar de mencionar aqui que Stranger Things é muito Stephen King, sério. A série é referência pura as obras do autor do início ao fim dos episódios.

Mas dá para citar pelo menos as que são mais marcantes: It (A Coisa), Conta Comigo e Carrie – A Estranha.

Acredite, esses são só alguns dos milhares de clássicos oitenta que fazem parte da fórmula da série da Netflix ✨

Enquanto a 2° temporada não chega, acho digno preparar uma maratona para o fim de semana! E aí, sabia de todas as referências? Conta para mim.

 

 

Stranger Things, Netflix e BEDA. Tudo isso É Muito Supimpa Girl!

#10 BEDA | 3 lições que aprendi com minhas séries dos anos 90

by

Se a minha vida fosse igual as séries dos anos 90, haja temporada do amor 💕

 

Na semana retrasada, eu mostrei três lições que aprendi com as séries dos anos oitenta. Aliás, semana que vem tem dos anos 2000.

Hoje é dia de listar 3 lições que aprendi com as minhas séries favoritas dos anos 90. Confesso que foi difícil escolher, viu?

Acho digno você pensar na possibilidade de fazer uma maratona com alguma dessas séries, pois são muito amor ✨

 

 

1. Barrados no Baile (1990-2000)

Quando penso nesse seriado já lembro da voz do locutor dizendo: “Rede Globo apresentou, ‘Barrados no Baile’. ”

A série abordava temas que não faziam parte do meu mundinho infantil da época, então preciso dividir em duas lições. Sim, ela pegou duas fases da minha vida: infância e início da adolescência.

As minhas primeiras lições de moda foram graças ao seriado. Afinal de contas, estou falando de Beverly Hills, né?

Mas Barrados do Baile foi uma das primeiras séries da década de noventa que enfatizava questões como drogas, sexo “antes do casamento”, DST, álcool, suicídio, entre outros.

Logo, quando comecei a deixar os assuntos infantis de lado esses temas da série foram lições importantíssimas para mim. Ah, Dawson’s Creek também entra nessa fase…

Dança comigo:  A abertura da série é instrumental, porém clássica demais. Dá o play aí 🎤

 

 

2. Dawson’s Creek (1998-2003)

Eu sou A-P-A-I-X-O-N-A-D-A por Dawson’s Creek desde que ouvi “I Don’t Want to Wait” pela primeira vez.  É uma das minhas séries favoritas da vida, socorro.

O seriado mostrou para mim o quanto pode ser ruim esconder, ignorar ou demorar demais para demonstrar os seus sentimentos. Principalmente, se ele for por um(a) melhor amigo(a).

Canta comigo: I don’t want to wait for our lives to be over 🎤 

 

3. FRIENDS (1994-2004)

É inevitável pensar em FRIENDS e não bater palmas quando canta mentalmente “So no one told your life was gonna be this way…” 👏

Uma das coisas que aprendi ao longo das 10° temporadas do seriado foi o quanto é importante compartilhar a nossa vida com amigos de verdade. Pela mor, queria ter uma BFF como a Phoebe!

Canta comigo: I’ll be there for you cause you there for me too 🎤

E aí, temos alguma série em comum? Conta para mim.

Séries, Anos 90 e Beda. Tudo isso É Muito Supimpa Girl!

#04 BEDA | 3 lições que aprendi com minhas séries favoritas dos anos 80

by

Se a minha vida fosse igual as séries dos anos 80, haja temporada do amor 😌

 

Uma coisa que eu amo loucamente é ficar com um monte de almofada no sofá, assistindo uma série que eu amo.

Então, eu resolvi listar 5 lições que aprendi com as minhas séries favoritas dos anos 80. Aliás, durante esse mês vai rolar lições dos anos 90 e 2000 também.

Acho digno você pensar na possibilidade de fazer uma maratona com alguma dessas séries, pois são muito amor 😍

 

1. Full House (1987-1995)

 

Toda vez que escuto “Everywhere you look. There’s a heart. A hand to hold onto…”  já começo a cantar junto, porque estou falando de Full House!

Uma das coisas que aprendi ao longo de oito temporadas do seriado foi o quanto a família e a amizade precisam ser rotina nas nossas vidas.

Canta comigo: When you’re lost out there and you’re all alone. A light is waiting to carry you home 🎤

 

2. Punky – A Levada da Breca (1984-1988)

 

Punky mostrou para mim o quanto é importante ser criança quando se é criança, sabe? Usar a imaginação, fazer “travessuras” saudáveis e brincar com os amigos sempre que puder.

Canta comigo: A menina que ilumina. Toda vez que a gente vê 🎤

 

3. Anos Incríveis (1988-1993)

 

Apesar da série ter feito parte da minha infância, os conflitos que Kevin Arnold vivia na adolescência e no colégio era muito eu, acredite.

Mais uma vez, aprendi o valor da amizade e também da família!

Aliás, eu era muito Kevin quando o assunto era o menino da escola que gostava. Então, eu entendia a paixonite dele por Winnie Cooper.

Conta comigo: Gonna try with a little help from my friends 🎤

E aí, temos alguma série em comum? Conta para mim.

                         Séries, Anos 80 e Beda. Tudo isso É Muito Supimpa Girl!      

Stranger Things ganha nova coleção de Funko Pop e Pelúcias

by

Stranger Things e Funko Pop é a melhor parceira do mundo, não é verdade? 💜

 

A empresa divulgou uma nova coleção dentro da linha Pop!Television com Eleven, Joyce e novos personagens da série “Stranger Things”. A lacração do amor é que os pops ficaram impossíveis de não quer colecionar, sabe?

Acho digno você respirar fundo e ouvir um pouco The Clash antes de ver esses amores em forma de Funko Pop 😍

Eleven aparece mais uma vez comilona, só que agora, com a mão cheia de batata frita. Deu até vontade de leva-la para a lanchonete!

O que dizer da Nancy com a roupinha idêntica de quando ela sai disposta a encontrar Barb?

Já o Jonathan vem com uma câmera na mão e o cabelo igualzinho o do seu personagem, socorro!

Joyce mais uma vez virou pop, mas aparece com o figurino que usou para achar o Will no Mundo Inverto.

O xerife Jim Hopper ganhou duas versões: uma com o uniforme, café e dontut e outra com a mesma roupa da Joyce. Por último, o estranho Dr. Martin Brenner também virou pop!

Socorro e calma, pois ainda não acabei com as novidades maravilhosas! “Should I Stay or Should I…” 💓

  

Não satisfeitos em acabar com os nossos cofrinhos, eles anunciaram também a coleção Supercute Plush com os principais personagens da série., Sim, são pelúcias.

Will, Lucas, Mike, Eleven, Barb, Dustin e Dumbledore viraram coisas fofas de apertar, pela mor.

De acordo com a publicação, as pelúcias vão chegar lá nos Estados Unidos esse mês e os pops em agosto.

Eu ainda não consegui comprar nenhum colecionável de Stranger Things e já estou nervosa aqui com tanta lindeza nova a caminho. E aí, o que achou das coleções? Conta para mim.

 

Funko Pop, Stranger Things e Coleções. Tudo isso É Muito Supimpa Girl!

Precisamos falar sobre a série maravilhosa “The Goldbergs”

by

The Goldbergs é a série que todo fã dos anos 80 deveria assistir, sério 

 

Na verdade, não sei o porquê ainda não falei sobre seriado aqui, mas vou reparar esse erro agora mesmo.

A série The Goldbergs é inspirada nas experiências pessoais que Adam F. Goldberg viveu durante a sua pré-adolescência em “1980 alguma coisa”.

Ele é o típico nerd que ama Star Wars, De Volta para o Futuro, Indiana Jones, entre outros ícones da cultura pop, e a sua filmadora. Sério, queria ser BFF dele!

Já o seu irmão Barry Goldberg é aquele adolescente que tenta ser fodão – ele é o meu personagem favorito, socorro – mas não consegue, sabe?

Erica Goldberg é a irmã popular da escola – dona de um guarda-roupa perfeito – que toda garota gostaria de ser um dia.

Pela mor, Beverly Goldberg é a mãe que nenhum adolescente gostaria de ter – os melhores suéteres da vida são dela – mas ao mesmo tempo é a melhor mãe do mundo, entende?

Murray Goldberg é o pai que quando chega em casa só quer ficar de cuecas assistindo tevê – “moron” é seu mantra – que parece ser bravo, mas na verdade é um amor.

Por fim, Albert “Pops” Solomon é o avô fofo e Don Juan que dá vontade de apertar de tão legal que ele é.

No fim de cada episódio, sempre aparece um vídeo caseiro do verdadeiro Adam que tem ligação com a história que foi apresentada. Apenas, genial! 

 

Agora que você já conhece um pouco sobre os principais personagens, preciso dizer que o seriado é uma chuva de referência de vários filmes, séries e celebridades oitenta que amamos, porque já teve episódio inspirado em: Clube dos Cinco, Dirty Dancing, Curtindo a Vida Adoidado, De Volta para o Futuro, Star Wars, Madonna, George Michael…

Para mim é muito difícil falar qual é o meu favorito, então escolhi quatro, um de cada temporada. Acredito que você vai achar a referência logo no título, né non?

 

 

01×16: “Goldbergs Never Say Die! “

02×14: “Barry Goldberg’s Day Off”

03×17: “The Dirty Dancing Dance”

04×01:  “Breakfast Club”

 

The Goldbergs tem 4° temporadas e já foi renovada para mais duas! Vale lembrar que hoje a série tem uma das maiores audiências da ABC nas noites de terça, ficando atrás apenas de Grey’s Anatomy e Modern Family.

Outra coisa legal, é que a emissora já anunciou que está pensando em fazer um spin-off do seriado. A novidade é que a nova série irá se passar na década de 90 – socorro, já quero!

O criador da série original, Adam F. Goldberg, está ajudando a desenvolver a ideia, mas ainda não há previsão de estreia.

Infelizmente, a série não faz parte do catálogo da Netflix, mas é exibida no Brasil pelo canal Comedy Central Brasil 

Apesar de ser suspeita para falar, a série é uma das minhas favoritas e quando comecei a assistir “maratonei” duas temporadas em 1 mês. E aí, fiz você querer assistir? Conta para mim.

 

The Goldbergs, Séries e Anos 80. Tudo isso É Muito Supimpa Girl!